segunda-feira, 16 de janeiro de 2017


Mais um passo dado na direção do infinito. E mais além.
A capital será nossa e 2017 também.
Vamos voar, amiga.

domingo, 6 de novembro de 2016


Um dia quero ser o teu topo do mundo. Quero ser o ponto mais alto da tua pessoa, o que te eleva, o que te move, o que te dá carisma.
Até lá, continuo a sonhar com o dia em que voltas.

"E ela diz que não dá (...)"

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

.




E amei. Com magia. Com intensidade. Com carinho. Com certezas. Com passado, presente e futuro. Com coração. Com tudo.

terça-feira, 19 de julho de 2016

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Hoje ouvi uma das frases que mais me marcou ultimamente: "eu também já morri por alguém". Fica no ouvido não fica?
A gente sente na pele e ouvir certas coisas faz-me lembrar o arrepio, as borboletas no estômago, o sorriso e tanta coisa mais que eu podia estar para aqui a dizer, mas que já não fazem sentido.
"Eu também já morri por alguém"
Parece uma frase tão simples, mas teve imenso impacto em mim. Porque, de facto, eu também já morri por alguém.
O amor é realmente bonito, é espetacular sentir algo tão grande, tão glorioso por outra pessoa que, supostamente, se trata da nossa alma gémea. Alguém por quem eu daria o mundo sem sentir que estava a cometer o maior erro da minha vida.
Sinto falta de sentir isso, de sentir o mundo neste coração tão pequenino, de sentir que o meu mundo já mora noutro sítio. Porque eu também já morri por alguém, mas adorava voltar ao mundo de quem vive o amor, fogosamente e com toda a intensidade que o amor merece.

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

terça-feira, 17 de novembro de 2015


Eu precisava de chorar. Aliás, eu preciso. Não sei porquê, por quem, para quê.. Sei que preciso. Preciso de parar com este ritmo alucinante e sentar-me a chorar. Preciso de alguém que me ouça, alguém que me faça sentir viva de novo.